terça-feira, 10 de julho de 2012

Legistas de Alagoas encerram greve, mas capital fica sem necropsias


Depois de 14 dias de greve, os médicos legistas do IML (Instituto Médico Legal) de Maceió decidiram nesta terça-feira encerrar a paralisação.

No entanto, eles continuam se negando a realizar exames na sede de Maceió, por causa das más condições de higiene e infraestrutura.

Com isso, o IML de Arapiraca (152 km de Maceió) passou a realizar os exames de necropsia da capital, que recolhia corpos de quase metade dos 102 municípios alagoanos. A medida foi confirmada pelo diretor geral da Perícia Oficial, Roberto Liberato.

De acordo com funcionários do IML de Arapiraca, pelo menos seis corpos haviam chegado nesta terça no IML de lá, vindos de Maceió. Todos vítimas de mortes violentas.

O diretor do IML de Maceió, Luiz Mansur, disse em entrevista à imprensa que os corpos enterrados sem perícia, nas duas últimas semanas, terão que ser exumados.

Os cadáveres estavam sendo liberados por meio de guia de sepultamento provisória, por determinação do secretário de Defesa Social, o coronel da Polícia Militar Dário Cesar. Dezenas de corpos tiveram que ser enterrados sem a retirada dos projéteis.

Cerca de 40 peritos criminais de vários Estados do país, integrantes da Força Nacional, vão ajudar a fazer os exames dos corpos que foram enterrados sem perícia e que serão exumados.

O diretor geral da Perícia Oficial, Roberto Liberato, explicou que os corpos continuarão sendo trazidos para o IML da capital para serem catalogados e, depois, encaminhados para a unidade do Agreste, onde passarão pelo exame de necropsia.

Já os exames em pessoas vivas --corpo de delito e conjunção carnal-- continuarão sendo realizados, provisoriamente, no Hospital Sanatório, até que o prédio do novo IML seja construído.

Quanto às necropsias, o IML fará diariamente o encaminhamento dos corpos que dão entrada na unidade da capital para Arapiraca, com o retorno no mesmo dia.

O trabalho será acompanhado por um médico legista e por auxiliares de necropsia da equipe de plantão de Maceió.

fonte:folhasp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário