segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Professores da Apae entram em greve em Ribeirão Preto - SP

Professores auxiliares da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) entraram em greve nesta segunda-feira (17) por falta de pagamento dos salários de agosto.

A greve foi definida em assembleia realizada na sede do Sinpaae (Sindicato dos Professores e Auxiliares de Administração Escolar de Ribeirão Preto e Região), na última quinta-feira (13).

O salário de agosto deveria ter sido pago pela instituição no último dia 10.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sinpaae, o Ministério do Trabalho, o Ministério Público e a diretoria da Apae foram comunicados sobre a greve no dia seguinte à assembleia. Na manhã desta segunda, pais de alunos fizeram manifestação de apoio aos funcionários em frente à instituição.

O presidente da Apae, Adalberto Griffo, confirmou que não houve o pagamento e disse que o problema se deve à falta de repasse da verba da Secretaria de Estado da Educação.

Ainda segundo ele, a previsão é que o repasse seja feito até a noite desta segunda e que os professores sejam pagos nesta terça (18).

"Vamos discutir se essa greve é legal ou não depois", afirmou.

Em junho, os funcionários paralisaram os serviços por 17 dias por falta de pagamento de salários. A greve foi encerrada após intervenção da Promotoria e a Fundação Waldemar Pessoa doar R$ 287 mil para a folha de pagamento.

fonte: folhasp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário