quinta-feira, 4 de abril de 2013

Construtoras de Santo Antônio pedem intervenção da Justiça em greve


As construtoras da hidrelétrica Santo Antônio, em construção no rio Madeira (RO), também protocolaram ação de dissídio coletivo de greve no Tribunal Regional do Trabalho a fim de tentar reverter os estado de paralisação das atividades pelos trabalhadores da usina.

Tal medida também havia sido tomada ontem pela Camargo Corrêa, que é responsável pelas obras civis de Jirau --usina também em construção no rio Madeira que enfrenta situação semelhante.

As obras da usina de Santo Antônio são comandadas pelo Consórcio Construtor Santo Antônio (CCSA). Desde terça-feira (2), cerca de 13 mil trabalhadores decidiram cruzar os braços ao recusar acordo trabalhista com os patrões.

No caso de Jirau, a empreiteira responsável já conseguiu que a Justiça do Trabalho da 14ª Região agendasse uma audiência de conciliação para a sexta-feira (5), às 14h, e determinasse a liberação do acesso de pessoas e veículos ao canteiro de obras e à sede da empresa.

fonte: folhasp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário